Select Page

Se você é empreendedor ou gestor de uma empresa, provavelmente, já ouviu essa sigla, mas talvez não saiba exatamente o que ela significa.

DRE significa Demonstração do Resultado do Exercício. Esse termo é muito comum no meio da contabilidade e tem uma grande importância para as finanças das empresas.

Mas para entender de verdade o que ele significa é preciso aprofundar uma pouco mais o conhecimento. Pensando nisso, vou explicar fatores essenciais para elaborar e analisar este relatório de impacto marcante no mundo corporativo. Confira!

O que é DRE?

É um relatório, um demonstrativo, que contém um resumo das operações realizadas pela empresa durante um período (mês, trimestre, semestre e ano).

Nesse relatório devem constar as receitas, despesas, investimentos, custos e as provisões apuradas. Com essas informações é possível identificar o resultado líquido da empresa.

Legalmente as empresas precisam fazer DREs anuais, mas nada impede que também sejam realizadas análises mensais ou trimestrais, um pouco mais simplificadas, para ajudar no monitoramento dos gastos fiscais.

Não custa lembrar que a carga tributária brasileira é uma das que mais oneram os empreendedores no mundo. Por isso, monitorar o pagamento de impostos e avaliar alternativas para diminuir o impacto deles no orçamento são ações importantes para a sobrevivência de qualquer negócio.

A DRE deve respeitar o regime de competência, ou seja, seguir a ocorrência do fato gerador do registro contábil, e não acompanhar o recebimento efetivo da receita ou o pagamento da despesa.

De acordo com a Lei 11.638/07, a Demonstração do Resultado do Exercício deve ser feita em todas as empresas do País, inclusive as que aderem ao regime Simples Nacional. A exceção fica por conta dos microempreendedores individuais (MEIs).

Se você está pensando em abrir um negócio, deve estar muito atento a essa regra. Caso faça a bobagem de ignorá-la, vai ter sérios problemas com a gestão das finanças do seu negócio, além de reduzir consideravelmente as chances de sucesso.

Qual é a importância da DRE?

O principal objetivo da Demonstração do Resultado do Exercício é oferecer dados básicos da formação do resultado do exercício, identificando se houve lucro ou prejuízo.

É um dos relatórios mais importantes para a empresa, pois ele será utilizado por gestores, investidores, bancos e até mesmo pelo governo, para identificar a situação real da empresa.

Esse aspecto mostra que a DRE é uma das bases para a tomada de decisões dentro de uma empresa. A partir desse relatório, um empreendedor poderá avaliar se o momento é ideal para expandir o negócio ou buscar alternativas para reduzir gastos, como negociar contratos com fornecedores e diminuir o quadro de funcionários.

Uma das informações mais relevantes de um DRE é o RESULTADO LÍQUIDO OPERACIONAL, que demonstra a saúde operacional da empresa. Caso o resultado estiver muito abaixo do esperado para a atividade, é um sinal de que a empresa precisa tomar medidas tempestivas no sentido de equalizar os custos operacionais e melhorar a desempenho das receitas.

E, por último, temos o RESULTADO LÍQUIDO que pode ser considerado o lucro do período. Muito empresários costumam fazer confusão, considerando o dinheiro que sobra no caixa ou na conta corrente como lucro, definitivamente não é.

Apenas na DRE podemos apurar o lucro da empresa, ou seja, se uma empresa não tem uma Demonstração de Resultado do Exercício, ela efetivamente não sabe se tem ou não lucros.

Como você pode ver a DRE não é apenas um relatório exigido legalmente. Ele é um importante aliado da gestão estratégica da empresa pelo fato de contribuir para a boa governança corporativa.

Como fazer uma Demonstração de Resultado do Exercício?

As informações obrigatórias na DRE e a ordem em que elas devem constar no relatório são definidos em lei. Dessa forma, não há margem para personalização de dados, independente do tamanho da empresa.

A primeira linha deve apresentar a Receita Bruta de Vendas. Nela, devem ser deduzidas as devoluções de vendas, os abatimentos, os descontos concedidos e os impostos relacionados. O resultado dessa conta é a Receita Líquida de Vendas.

Em seguida é preciso deduzir o custo das mercadorias e dos serviços vendidos, sendo o resultado desse procedimento o Lucro Bruto. Dele, também devemos subtrair as despesas operacionais, financeiras, administrativas e gerais. E precisamos acrescentar as receitas operacionais. O resultado é o Lucro (ou Prejuízo) Operacional Líquido.

Ainda desse resultado é necessário acrescentar ou deduzir os resultados de receitas/despesas financeiras e receitas/despesas não operacionais, como vendas de ativos ou investimentos. Estes são exemplos de receitas e despesas, ou seja, valores que entram e saem do caixa da empresa mas não estão ligados diretamente à atividade econômica do negócio.

Após todos esses cálculos, chegamos ao Lucro Líquido do Exercício (LLE), grande objetivo da DRE.

Como adotar a DRE Analítica?

É possível realizar outras análises e verificar possíveis variações no resultado. Para ajudá-lo a compreender melhor esse aspecto, mostraremos outros procedimentos ligados à Demonstração de Resultado Líquido. Acompanhe!

Análise vertical da DRE na contabilidade

Tem como principal característica verificar qual percentual cada despesa, receita ou custo representou em relação ao faturamento bruto.

Assim é mais fácil perceber o que contribuiu mais ou menos para o lucro ou prejuízo da empresa.  

Indicadores de resultados

Pela DRE, é possível obter indicadores de resultado como o EBITDA, a margem operacional e a margem de lucro líquida.

Para a realização precisa da DRE é fundamental que todas as operações da empresa sejam registradas. Você pode fazer isso com planilhas e cadernos, mas o melhor é contar com sistemas que ajudem a automatizar esses registros e organizar as informações.

A automação de processos ajuda a reduzir o tempo gasto com o recolhimento e envio de informações para o contador e garante que os dados estarão corretos.

Procure contar com profissionais qualificados para fazer uma Demonstração de Resultado Líquido que reflita a realidade do seu negócio. Essa postura é imprescindível para fazer uma gestão responsável e que contribua para o crescimento da organização nos próximos anos.

Se você está interessado em aperfeiçoar a administração da sua empresa, entre em contato conosco agora mesmo! Estamos à disposição para ajudá-lo a vencer desafios e a atingir um desempenho cada vez mais expressivo!